Queda de cabelo – Eflúvio Telógeno

Queda de cabelo – Eflúvio Telógeno

O Eflúvio Telógeno é descrito como o mais comum dentre as quedas capilares e se caracteriza pelo aumento da queda diária dos fios de cabelo.

Uma pessoa é descrita como portadora de Eflúvio Telógeno , se frequentemente se observa períodos de quedas de cabelo maior de 6 meses.

Isso acontece devido à finalização precoce da fase de crescimento dos cabelos, direcionando precocemente o início da fase de desaceleração do crescimento capilar e na sequência na fase de queda do cabelo propriamente dita. Ou seja, o Eflúvio Telógeno é visto como um encurtamento do ciclo dos cabelos por término precoce da fase anágena.

Com isso, o percentual de cabelos em todas as fases do ciclo dos cabelos sofre alteração. Com essa condição, cerca de 30% dos folículos capilares entram na fase telógena, o que significa que ocorre a queda de cabelo.

O Eflúvio Telógeno é classificado: Eflúvio Telógeno Agudo e Eflúvio Telógeno Crônico.

O primeiro normalmente são causados por fatores pontuais como, por exemplo, uma infecção severa ou uma preocupação passageira (estresse). Sua causa está associada a algum evento que aconteceu geralmente três meses ou mais antes do início da queda.

Com isso, ao invés de termos uma média de 100-120 fios caindo diariamente, temos 200-300 fios, dependendo do paciente.

Já o Eflúvio Crônico , são causados por fatores de maior duração, como algumas doenças crônicas, depressão e ansiedade ou até mesmo, o uso de certos medicamentos por longos períodos de tempo, se perde muito volume e comprimento do cabelo.

Importante ressaltar, que uma pessoa acometida por Eflúvio Telógeno geralmente não perde todos os seus cabelos, embora possa tornar-se visivelmente mais fino e é tida como a queda mais benigna entre todas, já que caso o fator causal é descoberto e tratado corretamente, a tendência é que o paciente recupere todos os seus cabelos.

Ocorre mais freqüentemente em mulheres e geralmente é desencadeada por um distúrbio no ciclo capilar, como vimos anteriormente e suas causas podem ser diversas, como descritas abaixo.

O Eflúvio Telógeno poderá resultar de diversas causas, dentre elas:

❖ Hormonais
❖ Doenças agudas e crônicas
❖ Stress emocional – esta é a maior causa do Eflúvio Telógeno
❖ Estresse físico (infecções, cirurgias).
❖ Perdas importantes de nutrientes através de cirurgias bariátricas ou dietas restritivas (perda de mais de 3kg ao mês).
❖ Distúrbios de alimentação (anorexia ou bulimia). ❖ Alguns tipos de medicações
❖ Logo após 2- 4 meses do parto.
❖ Parada da pílula anticoncepcional

Sintomas

O principal sintoma do Eflúvio Telógeno é um aumento na quantidade de cabelo que uma pessoa perde. A pessoa nota nitidamente que mais cabelos estão caindo, muito mais que o normal, quando se lavam ou escovam os cabelos.

Também é frequente notar uma maior quantidade no travesseiro ao levantar-se.

Tratamento

É de extrema importância que o paciente com queda de cabelo excessiva busque sempre ajuda de um profissional médico. O diagnóstico e tratamento direcionado ao problema que causa a queda capilar é de suma importância. Uma vez que haja o entendimento do quadro, é imprescindível que o paciente siga as orientações médicas para a solução do quadro.

Plagiarisma - detector de plágio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá, precisa de ajuda ?
Olá, tudo bem, para tirar suas dúvidas clique aqui
Powered by